03/10/2017

DOENÇAS HEPÁTICAS: SAIBA O QUE É E COMO SE PREVINIR

O fígado é um dos maiores órgãos do corpo humano, sendo responsável por mais de 200 funções em nosso organismo, como auxílio na digestão, síntese de colesterol e a metabolização dos elementos nocivos à saúde, como bebidas alcoólicas e gordura. E é por isso que o fígado está sujeito à diversas doenças e complicações.

As doenças hepáticas podem atingir qualquer pessoa, independente de idade e gênero. Entre as doenças de fígado mais frequentes estão: Hepatites virais, esteatose hepática (gordura no fígado), doenças metabólicas, patologias de origem autoimune e hepatotoxidade, causada pelo uso de drogas. Com o tempo, os danos ao fígado podem levar à insuficiência hepática, uma condição com risco de vida.

As doenças podem ser de curta duração, a doença hepática aguda, ou em longo prazo, doença hepática crônica. Uma doença hepática aguda também pode converter em uma doença crónica do fígado ao longo do tempo.

Algumas doenças hepáticas são causadas por vírus como o vírus da hepatite (A, B e C). As Doenças do fígado também podem resultar do uso de algumas drogas e do abuso do álcool em longo prazo. Às vezes o fígado doente longo prazo se torna retraído e fibrótico. Essa condição é chamada de cirrose. Como outros órgãos fígado também pode ser acometido por tumores malignos.
Por isso é importante manter um acompanhamento médico frequente e levar uma vida mais saudável, longe de bebidas e alimentos que possam atacar o fígado. Além disso, evitar o abuso de alguns remédios que possam causar complicações no fígado como anti-inflamatórios (diclofenaco), antifúngicos (fluconazol, cetoconazol), alguns antibióticos (tetraciclina, rifampicina), antidepressivos (fluoxetina e paroxetina), hormônios, entre outros.

x